Hipertrofia: Como conciliar o Treino Aeróbico
30 de abril de 2018
Dicas infalíveis para emagrecer e perder a barriga
30 de abril de 2018
Exibir tudo

Conheça os principais benefícios da testosterona nos treinos funcionais

O treinamento funcional consiste em exercícios que desenvolvem funções corporais como flexibilidade, equilíbrio, agilidade e força. Uma de suas características é trabalhar todos os grupos musculares e utilizar peso e força do próprio indivíduo. Envolve equipamentos como cabos, elásticos, bolas e pesos e exercícios como agachar, pular, correr e empurrar.

AGENDE UMA CONSULTA

A testosterona é um hormônio presente em homens e mulheres e é essencial para a saúde e bem-estar. É importante para o aumento da massa muscular, recuperação após exercícios e diminuição da gordura corporal. Baixos níveis de testosterona prejudicam os resultados do treino e podem afetar a saúde. Abaixo, você descobrirá os principais benefícios da testosterona nos treinos funcionais.

 

Aumento do foco

O sintoma mais comum da baixa produção de testosterona é a falta de disposição e foco nas atividades do dia a dia. Esse hormônio atua diretamente no sistema nervoso central, em áreas relacionadas à atenção e à cognição. Por isso, em concentrações ideais, a testosterona pode facilitar a concentração, aumentar a capacidade de aprendizado e aprimorar a memória. Além disso, melhores níveis de testosterona reduzem estresse, preocupação, depressão e ansiedade, aspectos diretamente ligados à capacidade de concentração.

 

Rendimento no treino de força

A testosterona é considerada o hormônio mais importante para o ganho de massa muscular.  Através de reações químicas, estimula o aumento da força física e diminui o índice de gordura no corpo. Além de melhorar a contração muscular, este hormônio determina o quanto de massa muscular você pode desenvolver.

Como atua sobre o metabolismo energético, a testosterona atenua a sensação de cansaço e fadiga. Sendo assim, garante energia para a prática de exercícios e melhora a qualidade de vida.

 

Endurance ou resistência

Endurance é a capacidade de aguentar um exercício prolongado por minutos, horas ou até dias e depende da sua resistência aeróbica. Isso exige que o sistema cardiovascular forneça energia para os músculos a fim de concluir o exercício físico. Durante o exercício aeróbico, o organismo consome oxigênio para obter a energia necessária para a conclusão da atividade.

A testosterona facilita o envio de oxigênio para os músculos, favorecendo a resistência deste tecido. Com isso, o músculo consegue realizar repetidas contrações por um maior período de tempo Quanto mais oxigênio disponível, melhor a resposta do tecido muscular aos estímulos.

 

Melhora da recuperação e da fadiga

A diminuição da concentração de testosterona prejudica a qualidade do sono, principalmente a fase de sono profundo. Este é, essencialmente, o momento do sono em que ocorre a reparação da mente e do corpo, incluindo o tecido muscular. Sendo assim, baixos níveis de testosterona podem levar à insônia e prejudicar a reconstrução deste tecido.

Manter este hormônio em níveis ideais melhora a qualidade do sono, favorecendo a recuperação muscular.

 

A melhor forma de se certificar sobre seus níveis de testosterona é através de aconselhamento médico. O profissional receitará exames para verificar a quantidade do hormônio no organismo e indicará a melhor solução para eventuais problemas.

O uso de hormônios sem orientação médica é prejudicial, podendo causar alterações irreversíveis. O consumo de suplementos hormonais não deve ser feito sem o acompanhamento médico.

AGENDE UMA CONSULTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *