Conheça os erros mais comuns no Treino de Hipertrofia.
25 de janeiro de 2018
Saiba quais são os prós e contras do Jejum Intermitente
12 de abril de 2018
Exibir tudo

Dicas Essenciais para uma Hipertrofia Saudável

Hipertrofia é a resposta muscular a estímulos gerados pela atividade física. A prática de exercícios intensos leva ao desgaste das fibras dos músculos e a recuperação acarreta seu desenvolvimento. Quanto mais intenso o estímulo, mais energia seu corpo gasta para se restabelecer. Nesse texto você receberá dicas para uma hipertrofia saudável.

 

Respeitar o descanso

A recuperação muscular é tão ou mais importante que o treino, já que a hipertrofia acontece durante o descanso. Treinar um mesmo grupamento muscular todos os dias ou diversas vezes por semana pode levar à perda de massa muscular.

O músculo cresce quando estimulado além do usual, dessa forma ele se adequa a condições cada vez mais exigentes. Após o treino, o corpo busca recuperar-se do estresse, regenerando-se e tornando os músculos cada vez mais fortes.

Para se restabelecer, o organismo precisa de tempo. Caso o estímulo ao músculo aconteça durante o descanso, poderá prejudicar seu desenvolvimento. A adequação e troca das séries são fundamentais para dar continuidade ao seu crescimento e não estagnar os resultados.

 

Alimentar-se corretamente

Uma alimentação equilibrada é o combustível para o treino e garante o sucesso da recuperação durante o descanso. Para ganhar massa magra, o mais indicado é optar por alimentos ricos em proteína, como frango, peixes e ovos. Deve-se optar por carboidratos que possuam índices glicêmicos mais baixos, como batata doce e arroz integral.

Vale ressaltar a importância do consumo consciente de água, fibras e gorduras benéficas como abacate, castanhas, nozes, amendoim e amêndoas. O uso de suplementos alimentares é indicado em determinados casos, pois eles repõem os nutrientes gastos nas atividades físicas. Para um melhor aconselhamento, é imprescindível o acompanhamento de um nutricionista.

 

Rever a produção hormonal

Hormônios são mensageiros químicos que alteram as atividades celulares. Testosterona, IGF-1 e insulina são alguns que contribuem para a hipertrofia. O equilíbrio hormonal estimula o desenvolvimento e a síntese muscular, além de evitar o desgaste e a perda de massa muscular.

A intensidade dos exercícios desencadeia alterações hormonais e estas favorecem o emagrecimento e o ganho de massa magra. Um treino mais pesado, exercícios compostos, ou aumento da intensidade com curtos intervalos pode ser eficaz.

Buscar acompanhamento médico e do profissional de educação física

É necessário consultar um médico antes de iniciar as atividades físicas. Ele avaliará suas condições e dará um laudo relatando quais atividades você poderá realizar. Com o início das atividades, deve-se voltar ao consultório de acordo com o prazo estipulado pelo médico. Visitas regulares permitirão um acompanhamento preciso do seu desenvolvimento e adaptações necessárias em exercícios ou alimentação.

Já o educador físico montará cada série de acordo com objetivo do aluno e o laudo fornecido pelo médico. Ele pautará as escolhas dos exercícios no seu nível de treinamento e na frequência com a qual você pretende ir à academia.

Sob a orientação de profissionais, você deve sinalizar qualquer dificuldade em realizar os exercícios. Ao notar que seu organismo não se adaptou a alguma proposta, converse com o especialista. Dessa forma, ele poderá mudar o que for necessário para atender suas necessidades.

Os comentários estão encerrados.