Adoçantes novos e antigos: conheça seus benefícios e malefícios
6 de setembro de 2018
Saiba mais sobre o tratamento da acne em pacientes em processo de suplementação, seja hormonal ou alimentar
22 de outubro de 2018
Exibir tudo

Motivação: a teoria da expectativa

É sempre interessante discutir as mais variadas teorias motivacionais. Desenvolvidas a partir da década de 50 do século XX, por psicólogos americanos, as diferentes teorias motivacionais enfocam em suas abordagens uma perspectiva sobre a temática. Pautada primeiramente por Victor Vroom em 1964, esta teoria busca explicar como a motivação gerada pelas recompensas influencia nosso comportamento.

AGENDE UMA CONSULTA

Em outras palavras, a ideia básica desta teoria é que as pessoas se motivarão de acordo com a expectativa por um resultado. Sendo assim, quanto maior o desejo, maior será o esforço pra alcançarem os objetivos traçados. A motivação nos impulsiona a dedicar tempo, conhecimento e energia para cumprir quaisquer atividades que nos tragam satisfação. Esta última é a recompensa por tal esforço. Isso se aplica a objetivos profissionais, aprender novas línguas, dedicação ao trabalho, emagrecimento e outros aspectos comuns.

Então, a pergunta deve ser: o quanto você quer emagrecer? O quanto quer conquistar uma saúde equilibrada, reconquistar uma autoimagem e uma autoestima positivas? Quão disposto está pra alcançar isso?

 

Como funciona a teoria da expectativa?

Segundo o estudo de Vroom, ela funciona como uma equação: Motivação = Valor x Instrumentalidade x Expectativa. A motivação é o que leva o indivíduo a exercer determinada função. O valor é o que significa a conquista daquele objetivo, se ele realmente compensa o esforço. A instrumentalidade é como a pessoa enxerga aquele esforço, se ele é realmente importante para conquistar o objetivo traçado. Por fim, a expectativa corresponde à sua probabilidade de obter sucesso desempenhando o papel ao qual se propõe. Para cada objetivo pode haver mais de uma recompensa.

 

Como aplicar esta teoria ao dia a dia?

Primeiro é necessário ter em mente seus objetivos. Em seguida, deve refletir sobre seus valores, sua instrumentalidade e a expectativa envolvidos. A motivação virá quando você puder ver claramente a interligação entre estes fatores. De acordo com a Psicologia, será mais fácil, após esta reflexão, definir o quanto de esforço e energia determinado objetivo merece para ser cumprido.

Nossa rotina nos coloca frente a situações de escolha onde, sem perceber, nos valemos da teoria da expectativa. Quando precisamos decidir entre malhar ou maratonar aquela série especial, consideramos o que for mais vantajoso no momento. Muitas vezes a obrigatoriedade de um compromisso diminui nossa expectativa em relação ao seu resultado. Nesses casos, seu efeito pode ser frustrante e a recompensa ser nula ou negativa.

A falta de motivação pode ser reflexo da crença de que o resultado não virá, independente do esforço aplicado. O resultado pode demorar a aparecer, então a motivação diminui conforme a recompensa, nesse caso, o emagrecimento, parece distante. Nesse sentido, é necessário manter-se centrado e ter os objetivos definidos de maneira clara. O emagrecimento trará benefícios à sua saúde? Irá lhe agradar esteticamente? Como você se vê ao atingir seus objetivos? O resultado compensa o esforço?

Converse com um profissional especializado. Ele poderá avaliar seu caso e tirar suas dúvidas. Além disso, o especialista irá traçar o melhor caminho para alcançar seus objetivos de maneira saudável e de acordo com suas metas.

AGENDE UMA CONSULTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *